Brasileirão Série D 2020 | Tabela, Times, Clubes, Pontos e mais!

O Brasileirão Série D é a competição nacional mais democrática em território, quantidade e a variedade das equipes. E não faltou emoção nela até hoje. Veja porquê!

O Campeonato Brasileiro da Série D, com onze anos de existência, é uma jovem competição, quando comparamos com as demais divisões do futebol brasileiro.

Talvez por essa juventude – e não ter sido contaminada pelos erros de décadas passadas – ela ganha visibilidade maior a cada ano, especialmente pelo seu caráter democrático – todos os estados participam.

Sem grandes e médias equipes dos centros mais desenvolvidos, a Série D permite um nivelamento saudável, não encontraremos clubes com um poder aquisitivo muito alto em relação aos demais.

Além disso, são vários os casos de equipes estreantes em competição nacional e outras que estão ressurgindo após anos de decadência.

A Série D é o grande começo (ou recomeço) de uma trajetória nacional! 

Qual a história do Campeonato Brasileiro Série D?

O Campeonato Brasileiro da Série D nasceu em 2009 a partir da decisão de reduzir o número de equipes do Campeonato Brasileiro Série C e criando uma nova divisão com 40 times.

Esses participantes seriam escolhidos através de ranking nos campeonatos estaduais e nas copas regionais, como a Copa Verde e a Copa do Nordeste, um critério de seleção que se mantém até hoje.

Com isso, a lista de classificados para a Série D é conhecida através dos resultados dessas competições. Apenas quatro vagas são cativas: as equipes rebaixadas da Terceira Divisão.

Em 2016, após pressões de federações estaduais, a CBF ampliou o número de participantes para sessenta e oito.

O que poderia ser um inchaço político, acabou por beneficiar a competição: com o aumento de vagas, os estaduais se tornaram mais interessantes para as equipes.

Além disso, como a primeira fase da Série D é sempre disputada em pequenos grupos e regionalizada, não houve impacto financeiro nas equipes – os custos de logística são integralmente pagos pela CBF.

Qual o clube com mais títulos do Campeonato Brasileiro Série D?

Por ser uma competição tão jovem – com onze edições até 2019 – e democrática, a Série D teve campeões diferentes até hoje, não há uma equipe com dois ou mais títulos.

E os onze campeonatos estão distribuídos entre nove estados. Minas Gerais (Tupi e Tombense) e Ceará (Ferroviário e Guarany) possuem dois campeões cada um.

Dentre as regiões, apenas a Centro-Oeste não está na galeria das conquistas e a Sudeste é a que concentra o maior número – quatro, sendo que nenhuma das equipes está em uma capital.

Das vinte e duas equipes que chegaram às finais até hoje, não tem figurinha repetida e apenas nove são de capitais de estados, o que demonstra o surgimento de novas forças que contam com apoio financeiro e torcida no interior.

A Chapecoense (SC), o Santa Cruz (PE), o Joinville (SC) e o CSA (AL) são as únicas equipes até hoje que disputaram as quatro divisões.

A equipe alagoana é a única que obteve acessos sucessivos, da Série D em 2016 até a Série A em 2019. Infelizmente, está retornando à Série B para fazer o clássico com o rival CRB.

Na imagem abaixo, você pode ver a lista de campeões das dez últimas edições do Brasileiro da Quarta Divisão.

As polêmicas do Campeonato Brasileiro Série D

Infelizmente, a Série D não ficou imune a polêmicas e brigas judiciais em tão pouco tempo de existência.

Em 2010, o América (AM) chegou ao vice-campeonato, o que garantia o acesso à Série C, mas perdeu seis pontos pela escalação irregular de um jogador. Com isso, perdeu a vaga para o Joinville (SC). Detalhe: o jogo da irregularidade foi contra a equipe catarinense.

Em 2011, o Treze (PB) conquistou o acesso à Terceira Divisão sem se classificar para as semifinais, porque o Rio Branco (AC) foi desclassificado por ter acionado a Justiça Comum contra a interdição do seu estádio.

A briga de 2011 se prolongou até 2013 quando a CBF e os clubes fizeram um acordo e as duas equipes disputaram a Série C, aumentando o número de participantes da época para vinte e um.

Felizmente, a competição normalizou e deixou de ter pressões de bastidores por mudanças ou busca de vagas em processos judiciais.

Como é disputado o Campeonato Brasileiro Série D?

A diferença entre o Campeonato Brasileiro Série D e as demais divisões começa no critério de definição dos participantes: as vagas são distribuídas pelos estados, que devem informar os qualificados conforme os critérios que cada federação definir.

Das sessenta e oito vagas, quatro são reservadas às equipes rebaixadas da Série C.

Para as demais, o ranqueamento deve excluir os times que já têm presença garantida em uma das divisões superiores. Fortaleza e Ceará, por exemplo, são excluídos do ranqueamento usado no Ceará, pois já disputam a Série A.

Sobre a forma de disputa, em 2020 haverá uma mudança: após definidas as equipes, oito dos estaduais com pior ranqueamento na CBF disputarão um mata-mata para definir as quatro que se juntarão às demais, totalizando sessenta e quatro.

Após isso, serão montados dezesseis grupos de quatro equipes, que jogarão em ida e volta, para classificar duas equipes por grupo.

A partir da fase seguinte, serão confrontos de ida e volta e eliminatórios, até se chegar à final.

Os times classificados às semifinais estarão automaticamente promovidos à Série C.

Quais os times que estarão no Campeonato Brasileiro Série D 2020?

Como vimos, a lista é grande e abrange equipes conhecidas nas divisões superiores. O América (RN) e o ABC (RN) fazem o clássico potiguar e estavam na Série A há alguns anos.

Equipes que estão longe das principais divisões há algum tempo, como o São Caetano (SP) e o Bangu (RJ) – que já foram vice-campeões da Primeira Divisão – buscam a retomada.

Além deles, temos o Joinville (SC), o Gama (DF), o Campinense (PB) e o Moto Clube (MA) que foram frequentadores de muitas edições da Série A nos anos 70 e 80.

O que também chama a atenção – todos os anos – é o surgimento de equipes que não têm tradição em competições nacionais, como o Tupynambás (MG), o Vilhenense (RO) e o Jacyobá (AL).

Outra característica na Série D – e que normalmente não acontece nas demais divisões – é a possibilidade de algum clube desistir de participar.

Isso se deve à instabilidade financeira desses clubes, que não possuem grandes receitas de publicidade e venda de jogadores, dependendo quase exclusivamente da renda dos jogos e programas de sócio.

A realidade da maioria dos clubes brasileiros também é de endividamento, pela crise econômica e o esvaziamento de investimentos em muitas regiões.

O futebol é um dos primeiros negócios a sofrer os efeitos – e os pequenos clubes sofrem ainda mais.

Quem ganha no Campeonato Brasileiro Série D?

O Campeonato Brasileiro Série D não prevê premiações para as equipes. Por outro lado, a CBF custeia todas as despesas de locomoção e hospedagem das equipes para as partidas.

Os clubes podem investir na publicidade em seus estádios e em emissoras de TV e rádio.

Como assistir o Campeonato Brasileiro Série D ao vivo?

Somente a partir de 2015 a Série D começou a obter televisionamento, com a TV Brasil no sinal aberto e o Esporte Interativo na TV fechada.

A TV Brasil transmitiu apenas até 2016, deixando a Série D sem acesso para a grande maioria da população – principalmente por serem localidades de rendas mais baixas – enquanto o Esporte Interativo continuou até 2018.

Em 2019, a CBF negociou os direitos de transmissão com a plataforma de transmissão esportiva online MyCujoo. Além disso, os jogos também foram transmitidos pela CBF TV.

Por mais que você não conheça o calendário do campeonato brasileiro serie d, lá existe muito luta, raça, emoção e times que estão dispostos a brilhar nos gramados. Como hoje é dia 17 de fevereiro, 2020, podemos dizer que falta menos de 76 dias para começar o brasileiro serie d.

A expectativa é que MyCujoo continue com os direitos e negocie com algum canal de TV aberta para ampliar a visibilidade da competição e, com isso, trabalhar a propaganda dos demais que são vendidos na plataforma.

Com isso, milhões de pessoas sem acesso à internet de qualidade poderão se beneficiar e acompanhar seus times do coração!

Gostou desse artigo sobre o Brasileirão série d?

Esperamos que ele tenha ajudado você a conhecer mais sobre a Série D do Campeonato Brasileiro, uma competição que crescerá muito nos próximos anos com a organização de regulamento e a presença de tantas equipes conhecidas do torcedor brasileiro, mas que não conseguem espaço na elite.