Home / UFC / Noite de Batalhas e Apostas: UFC On ESPN 7 em Washington

Noite de Batalhas e Apostas: UFC On ESPN 7 em Washington

O UFC On ESPN 7 vai reunir alguns dos grandes nomes do MMA em um Card Principal que acontecerá no dia 07 de dezembro de 2019, na Capital One Arena em Washington DC e o Card Principal começará às 23:00 no horário de Brasília.

Vamos falar dos confrontos e das melhores apostas para cada um.

apostar luta ufc peso galo Cody Stamann (EUA) x Song Yadong (CHI)

Peso-galo: Luta Cody Stamann (EUA) x Song Yadong (CHI)

O americano Cody Stamann acumulou quinze lutas em diversos eventos de MMA nos Estados Unidos e neles teve apenas quatorze vitórias e uma derrota.

Estreou em junho de 2017 no UFC e desde então acumula quatro vitórias e uma derroa. Porém, nenhum dos triunfos foi por nocaute ou finalização, que faz o seu percentual de vitórias em momento de luta ser de apenas 44%.

Após a vitória no UFC 235, teve uma lesão e está retornando somente agora no UFC On ESPN 7. É um período longo, especialmente quando parte dele foi em recuperação e isso pode pesar.

O chinês Song Yadong estreou no UFC no final de 2017 e desde então está invicto, com quatro vitórias, sendo três por nocaute ou finalizações. Tem uma série de sete vitórias seguidas, quando contamos as três últimas lutas no WLF.

Atualmente, Song possui em percentual melhor de vitórias em momento de luta: 57% na carreira e também um número melhor de nocautes.

O que podemos apostar nessa luta?

Nosso palpite é Vitória de Yadong por decisão dos juízes

O chinês apresenta um momento melhor pela atividade e a confiança na sequência de vitórias. Entrará no ringue com uma confiança maior.

Stamann terá de demonstrar que está fisicamente inteiro para o primeiro duelo depois da parada. O equilíbrio vai marcar esse duelo e dificilmente haverá uma vitória em momento de luta.

Podemos apostar na vitória de Yadong.

foto luta Peso-galo: Aspen Ladd (EUA) x Cynthia Calvillo (RUS) aposta prognostico

Luta Peso-palha: Marina Rodriguez (BRA) x Cynthia Calvillo (EUA) / Palpite

A brasileira Marina Rodriguez apresenta uma invejável carreira invicta em treze lutas desde a sua estreia em 2015, sendo 44% delas por nocaute. Essa será sua quarta luta no Octógono, onde obteve duas vitórias por decisão de juízes e um empate.

Portanto, seu grande desafio é entregar no UFC um triunfo em luta, como as seis das nove lutas anteriores ao UFC. Marina está em 9º no ranking do peso-palha.

A americana Cynthia Calvillo está em 10º no ranking da categoria e conta com uma história mais longa e bem-sucedida no Ultimate: são cinco vitórias, sendo três por finalização, e uma derrota. No geral, sua carreira total é menor, estreando no final de 2016 e com três lutas até chegar no Ultimate.

O que podemos apostar nessa Luta do UFC?

Vitória de Rodriguez por nocaute

Neste combate o equilíbrio é total, incluindo nas características físicas – mesmo peso, altura e envergadura. Em carreiras, Cynthia tem mais experiência no UFC, porém Marina está invicta e conhece o evento, portanto não tem a tensão de estreia.

Outro ponto que conta a favor de Marina é ter mais lutas e apenas um empate, além de 50% das vitórias em momento de luta. Com uma quantidade maior de vitórias em finalização e decisão de juízes, a americana demonstra mais aptidão para lutas longas, o que pode atrapalhar os planos da brasileira.

Podemos apostar a vitória de Rodriguez.

apostar luta ufc Peso-galo: Aspen Ladd (EUA) x Yana Kunitskaya palpite

Luta Peso-galo: Aspen Ladd (EUA) x Yana Kunitskaya UFC

A americana Aspen Ladd apresenta uma carreira curta em número de lutas, apesar de ter iniciado em 2015 no evento Invicta FC. Porém, de lá para cá foram nove lutas, das quais oito vitoriosas e 75% por situação de luta.

Vai chegar em Washington na sua quinta luta de UFC, onde já teve três vitórias, sem duas por nocaute. Porém, seu último resultado foi uma derrota em julho de 2019 por nocaute no primeiro assalto – a única depois de oito vitórias. É a 5ª colocada no ranking dos peso-galo femininos.

A russa Yana Kunitskaya tem uma carreira maior, iniciada em 2009, e quase o dobro de lutas em relação à americana. Possui 67% de vitórias durante as lutas e 25% de derrotas, porém apenas uma no UFC, onde tem duas vitórias.

Seu último resultado foi uma vitória por decisão dos juízes em março de 2019 e ainda não venceu em situação de luta no Ultimate.

O que podemos apostar desta kuta?

Vitória de Ladd por decisão dos juízes

A americana está mordida pelo último resultado – uma derrota em 2019 em apenas 16 segundos e perdendo a invencibilidade de oito vitórias, sendo três nocautes nas últimas cinco. É a grande vontade de mostrar que foi um acidente de percurso e se recuperar com as lições aprendidas.

Do outro lado, porém, não vai encontrar vida fácil: Kunitskaya tem uma trajetória irregular, sem uma sequência importante de triunfos, mas derrotas, mas venceu mais por nocaute e a grande maioria no primeiro assalto.

Portanto, Ladd deverá ter muito cuidado, pois a russa certamente vai atacar para provocar os nervos e a memória recente da americana. Se superar, o equilíbrio deve ser o tom até o final.

Podemos apostar a vitória de Ladd.

foto luta Peso-pesado: Alistair Overeem (GBR) x Jairzinho Rozenstruik (SUR) apostar prognostico

Peso-pesado: Alistair Overeem (GBR) x Jairzinho Rozenstruik (SUR) UFC On ESPN 7

O britânico Alistair Overeem já tem a carreira de um veterano e que completa, em outubro de 2019, exatos vinte anos da sua primeira luta em artes marciais mistas. Depois de duas décadas, apesar da longevidade, não podemos dizer que seja uma carreira destacada pelos resultados.

São sessenta e duas lutas, das quais 63% de vitórias. O destaque fica por conta da grande quantidade de nocautes e finalizações, 85% das vitórias. Porém, quando chegamos na fase UFC, são dezesseis lutas com seis derrotas. Sua última luta foi em abril de 2019 com um nocaute.

O surinamês Jairzinho Rozenstruik iniciou a carreira no MMA em 2012 com duas lutas, porém apesar de ter sido vitorioso em ambas, decidiu dedicar-se ao kickboxing e só voltou às artes mistas em 2017. Desde então, foram nove lutas e todas vitoriosas.

No UFC estreou em fevereiro de 2019 e até o momento foram três lutas e todas vitoriosas até o momento e com nocautes, portanto invicto no Ultimate. Está em 14º no ranking da categoria. É recém-vitorioso no UFC, sua última luta foi no começo de novembro em apenas 29 segundos.

O que podemos apostar?

Vitória de Rozenstruik por decisão dos juízes

O grande duelo da noite tem todos os ingredientes de uma luta de gerações e a começar pela idade; Alistair tem 39 anos, enquanto Jairzinho tem 31. Fisicamente, os lutadores se equivalem.

Tudo se encaminha para uma luta entre o arrojo de um jovem com a motivação em alta pela invencibilidade, por quatro vitórias seguidas por nocaute, sendo três em 2019 a experiência de quem sabe os atalhos que podem levar à vitória e as armadilhas que carregam para a derrota.

O respeito mútuo será a tônica, apesar de Jairzinho estar em um momento onde pode ser arrojado e não respeitar muito o oponente. Por outro lado, Overeem pode se aproveitar da ansiedade e usar todos os recursos que construiu em todos os anos.

Por fim, é difícil imaginar um nocaute ou finalização.

Podemos apostar a vitória de Rozenstruik.